ACOMPANHE AS NOVIDADES

Últimas Notícias

Quinta, 28 de Maio de 2020

Coronavírus: Câmara discute novos projetos destinados ao período de pandemia

Os vereadores da Câmara Municipal de Natal, em sessão ordinária virtual, votaram nesta quinta-feira (28), projetos destinados a medidas e ações que visam o benefício da população potiguar, em diversos setores, durante o período de pandemia do novo coronavírus. 

O primeiro deles, em regime de urgência, do vereador Luiz Almir (PSDB), dispõe sobre a obrigatoriedade do poder municipal em arcar com as despesas médica dos pacientes diagnosticados com a Covid-19, custeando internação na rede privada em caso de não dispor de leito na rede municipal durante o período da pandemia do Coronavírus. “Eu agradeço aos colegas pela aprovação, pois este é um projeto não só meu, mas de toda a Câmara, em nome do povo potiguar que não tem condições de arcar com gastos desse nível”, disse o vereador Luiz Almir. 

Na sequência, aprovado em regime de urgência, projeto de lei da vereadora Carla Dickson (PROS), que determina a disponibilização gratuita de kits de medicamentos para o tratamento do Covid-19 no SUS/Natal durante o período de pandemia. O uso da medicação e sua distribuição está condicionada a avaliação médica e receitado pelo profissional. 

“Quem tem plano de saúde está tendo acesso a todas as medicações que podem salvar vidas. Agora quem usa o SUS também terá essa opção, também terá a oportunidade de forma gratuita. Isso claro, com a prescrição e orientação médica”, explicou Carla Dickson. Estão na lista de medicamentos para distribuição de kits de medicamentos para o tratamento do Covid -19 a hidroxicloroquina, cloroquina, ivermectina, azitromicina ou outros fármacos que venham a ser liberados e preconizados pelo Ministério da Saúde, Conselho Federal de Medicina e Conselho Regional de Medicina. 

Já o vereador Preto Aquino (PSD) também teve projeto aprovado, este em caráter permanente, que trata sobre a disponibilização da especialidade de geriatra nos distritos de saúde que compõem a rede em Natal, além de destinar a especialidade também para as instituições de longa permanência de idosos que são conveniadas com a Prefeitura.

Texto: AssessoriaCMN

Foto: Marcelo Barroso


Deixe seu Comentário